Traduzir

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

sábado, 18 de julho de 2015

Loucos

Todas as esperas do mundo cabem em um vazio.
Todo vazio é de espera. O berço ainda vazio, o copo, o coração. Tudo nasce da espera e vem do nada, dos vazios infinitos. Escapam-me as palavras e sobra a ausência. Talvez fosse saudade, talvez fosse o que nunca existiu. Talvez seja o vazio das esperas infinitas.  Porque saudade também é isso aí, um vazio, uma ilusão da língua portuguesa para preencher o nada nem ninguém. Preenche para esvaziar, esvazia para encher. E há ainda tantas outras esperas, tantas outras pessoas, tanta vida depende de nós. Queremos eternizar os vazios infinitos e a plenitude consequente, inventaram tudo: de fotografia a filme... "E exigimos o eterno do perecível, loucos."

Mariana Zogbi

0 comentários:

Postar um comentário

Conte-nos o que achou da postagem! Deixe seu comentário!

Procure aqui!

Quer receber as postagens? Cadastre seu e-mail!