Traduzir

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Nunca gostei de reuniões, de aglomerações, de barulhos altos.
Sou virada para dentro, sou do interior, da quietude, das mãos dadas. Gosto de ouvir o coração da minha mãe bater e pensar que vivi os primeiros dias da minha vida porque o coração dela pulsava o meu sangue também, do lado de dentro. Gosto do barulho do mar quando ele está dentro das conchas, quando ele está dentro do infinito da praia. Gosto de ouvir passarinho, porque eles cantam aprisionados também. Gosto do barulho da água contendo-se no copo, do tilintar da chuva, do salto das senhoras que vão à missa aos domingos. Gosto da penumbra de uma sala aconchegante e solitária... 

Mariana Zogbi

4 comentários:

Moacir Willmondes disse...

Lindo, lindíssimo.

Barulhos que nos dizem coisas de forma sublime, sem ferir o silêncio.

Ótima semana para você, Mariana!

Madeline disse...

Will, muito obrigada! Ótima semana para você!

Maria Eugenia disse...

Sempre tão sensível e se expressando maravilhosamente!

Madeline disse...

Maria Eugenia, quanta doçura em seu comentário! Obrigada pela visita. :)

Postar um comentário

Conte-nos o que achou da postagem! Deixe seu comentário!

Procure aqui!

Quer receber as postagens? Cadastre seu e-mail!