Traduzir

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

sábado, 7 de março de 2015

Faltas

Eu pertenço aos livros e, quando penso na grandeza do meu pertencimento, falta alguma coisa. Também pertenço às artes e quando esta toca a minha alma, extrapolando os limites do corpo, me falta alguma coisa. Pertenço aos espetáculos teatrais, à música. Quando eu penso nas que eu não sei cantar, nos espetáculos que não assisti, me falta alguma coisa. Porque falta mesmo. Falta ler Beauvoir, Sartre, Freud, Flaubert, Proust, Virgínia Woolf, Katherine Masfield, Jane Austen, Mia Couto. Falta reconhecer todos os textos de Quintana e citar Machado de Assis. Falta terminar os livros de Clarice Lispector. Sem esquecer de Marina Colassanti, Martha Medeiros, Adélia Prado, Drummond, Manoel de Barros, Rubem Alves, Florbela Espanca, Lya Luft e por aí vai... Falta Renoir, Miró, Picasso, Monet, Van Gogh, Tarsila. Conhecer todas as sinfonias de Beethoven, reconhecer Vivaldi e Chopin. Cantar Piaf, Carla Bruni, Andrea Bocelli. Falta ouvir todas as músicas de Jobim, Vinícius de Moraes, Elis Regina, Marisa Monte, Adriana Calcanhotto, Milton Nascimento, Vanessa da Mata,  e ter todos os CDs da Aline Barros e Fernanda Brum.  Há ainda mais falta, mas me ocorre também agora, a falta de memória. Os filmes que não vi me faltam, os teatros que não conheci, ah... esses faltam muito. E eu poderia ficar o tempo todo contando sobre as faltas. Falta também saber de todos que ainda em anonimato, derramam poesias sobre esse mundo.

Mariana Zogbi

2 comentários:

Moacir Willmondes disse...

Bonito colar de pérolas você já percorreu, Madeline.

Saudoso abraço!

Madeline disse...

Moacir, que bom tê-lo aqui!

Postar um comentário

Conte-nos o que achou da postagem! Deixe seu comentário!

Procure aqui!

Quer receber as postagens? Cadastre seu e-mail!