Traduzir

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Que eu Jamais Perca a Sensibilidade

"Sabe o que eu quero de verdade?
 Jamais perder a sensibilidade, 
mesmo que às vezes ela arranhe um pouco a alma. 
Porque sem ela não poderia sentir a mim mesma." Clarice Lispector


Que eu jamais perca a sensibilidade. Que haja tempo de sobra para eu correr menos, que eu saiba amar (a)pesar do peso de todos os desamores. Que eu veja a beleza das flores, mesmo que elas estejam atrás das grades. Que eu entenda que as pessoas são muitas e são únicas, reagem diferente, têm seus motivos... Que eu compreenda cada porta fechada e contemple as janelas abertas. Que eu conheça todos os lugares do mundo, mas, antes disso, que eu conheça todos os lugares da minha alma. Que eu não despreze a dor do outro. Que eu não julgue, porque quem julga não compreende e eu quero compreender. Que meu corpo seja sempre menor do que a minha alma. Que eu nunca esqueça que tudo vai passar e que cabe a mim decidir com qual das coisas eu vou querer gastar meu tempo. E que finalmente eu entenda que tempo não é dinheiro. Pode ser amor, pode ser descanso, pode ser um livro, uma música... 

Mariana Zogbi

0 comentários:

Postar um comentário

Conte-nos o que achou da postagem! Deixe seu comentário!

Procure aqui!

Quer receber as postagens? Cadastre seu e-mail!