Traduzir

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

De Almas e Poesia


" 'Mariana Jardim'. Engraçado como seu nome é tão você. Vejo suas fotos, guardando uma saudade imensa, penso que você quase não pode existir. Carrega e transmite somente so-men-te coisa linda. Coisa bonita. Vejo muitas flores em você, um jardim. De fato.
Quis te falar isso. Só."


É "engraçado" pensar no começo das coisas. Aspas, para deixar claro que não é cômico e sim, estranho.
Você ia fazer 15 anos. Seu convite estava em cima da cama da AP, eu peguei, abri e mencionando seu nome, questionei sobre quem você era. "Uma amiga", foi a resposta. E trocamos algumas palavras sobre quem era você.
Naquele dia, eu poderia imaginar tudo, que eu um dia te conheceria, que eu saberia mais sobre você, mas nunca essa poesia toda. Nunca pensei que pudesse sentir saudade de quem encontrei algumas vezes, apenas, alguém que conheci pelo convite de 15 anos... Eu nunca pensei que você se tornaria parte de meus escritos, a parte mais bonita, sensível e forte.
Te quero bem. Queria estar por perto para segurar sua mão de vez em quando... Nem que fosse muito de vez em quando, só para lembrar você, que ser poeta e viver, é bonito... Mesmo que às vezes doa, você sabe, sobreviver é uma Vitória. Assim, de V maiúsculo.

Te abraço, forte.

Mariana


0 comentários:

Postar um comentário

Conte-nos o que achou da postagem! Deixe seu comentário!

Procure aqui!

Quer receber as postagens? Cadastre seu e-mail!