Traduzir

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Eu estava tão eu comigo mesma, fazendo companhia para a solidão e para um silêncio tão intenso, que era possível ouvir o pulsar do meu coração. Acho que isso me ocorre quase sempre quando anoitece, mas o sono salva, é a única hora que desligamos dessa ausência, dessa sede de querer mais de nós mesmos, das exigências externas e internas. É a única hora que deixamos o egoísmo de nossa própria companhia e nos entregamos ao desconhecido, ao inesperado e tão necessário sono.


Mariana Zogbi

0 comentários:

Postar um comentário

Conte-nos o que achou da postagem! Deixe seu comentário!

Procure aqui!

Quer receber as postagens? Cadastre seu e-mail!