Traduzir

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Ele veio

Ela esperou na janela
a vinda do seu grande amor
muito tempo já tinha se passado:
chuva, sol, tempestades, estiagem
mas ela continuou ali
fiel às promessas que recebeu em sonhos


Um dia ele veio...
demorou um pouco, mas veio.
Então ela soube o tamanho dos dragões que enfrentou.
Mas era certo que ele viria...

Dias, meses, anos, estações
aniversários, natais, furacões
e as cartas amarelaram
o perfume olvidou seu cheiro
as rosas na janela esmaeceram
a flor no cabelo murchou
o brilho nos olhos juvenis se apagou...

Mas ele veio.
E escreveram novas cartas
provaram outros perfumes
plantaram outras rosas
outras flores foram colocadas em seu cabelo
e seus olhos brilharam novamente...

Muitos vieram, muitos se foram (acho que foi de pura inveja)
quando viram ele chegar
Alguns fizeram estátua, que virou patrimônio tombado
tudo porque ela soube esperar


Dizem por aí que a esperança é a última que morre
Mas desconfio que existia naquelas rosas 
um perfume de insistência, paciência,
um perfume mágico... 
O de acreditar em seus sonhos.
                                                               LM



0 comentários:

Postar um comentário

Conte-nos o que achou da postagem! Deixe seu comentário!

Procure aqui!

Quer receber as postagens? Cadastre seu e-mail!